SOCIEDAD DE DILETANTES (, S.L.) & PAAARTNERS

(atadijos sin fraude) -equilibrios inefables-

lunes, 19 de septiembre de 2011

As lacerações da desesperança: Ana Hatherly

376
As lacerações da desesperança. Estou laçerada, quase oiço o silvo da minha carne ao querer tirar do mais fundo de mim o meu próprio pensamento. Mas as raízes nem sempre estão enterradas. As mais finas alimentam-se do nosso sopro. E isso é  que dói.

Ana Hatherly
"Tisana 376"
463 Tisanas
Quimera Editores, 2006